Breve História da Impressão 3D

Breve História da Impressão 3D

Apesar da tecnologia 3D só estar se popularizando agora, ela já existe a décadas.

Uma máquina que imprime em 3D existe desde 1984, ano que surgiu o primeiro maquinário funcional capaz de realizar esse processo. Apesar disso, tudo começou bem antes com as ideias do japonês Dr. Kodama no começo da década de 80. Apesar do Dr. já imaginar o futuro desta tecnologia, principalmente em relação a estereolitografia, metodologia que estudava, ele não chegou a ser o criador do projeto funcional, ficando apenas na teoria.

Tudo realmente ficou palpável no ano de 1984 quando o Charles Hull retomou as ideias da estereolitografia, que utilizava resina para gerar a peça e criou o primeiro modelo que realmente funcionava. Dois anos depois, baseando nessa tecnologia avó da SLA, criou sua própria empresa, a 3D Systems.

Com o passar do tempo, mesmo que devagar, essa tecnologia começou a ser difundida e estudada. Com isso, em 1988 surgiu o método FDM (fabricação por filamento fundido), que aumentavam o tamanho das peças que poderiam ser impressas e tornava mais simples o processo de impressão.

Em suas respectivas épocas de criação, as tecnologias eram muito caras e ficavam limitadas somente a grandes indústrias, dificultando a criação das impressoras domésticas conhecidas hoje.

Apesar do preço, após a queda destas patentes, surgiu o Projeto RepRap, que tornava real o sonho de se ter uma impressora 3d de forma barata.

O projeto RepRap visava baratear e facilitar a construção de impressoras. Basicamente o projeto tinha como ideia impressoras construindo outras impressoras. A partir do Open Source, se queria difundir o método para que makers conseguissem montar impressoras 3d em sua própria casa com matérias fáceis de se encontrar e assim replicá-la em uma nova impressora 3d e não ter que gastar um alto valor em uma disponível no mercado.

Por conta do projeto RepRap, atualmente existem diversas marcas que vendem impressoras 3D, pois a maioria das impressoras de entrada são baseadas nesse projeto.

Para quem tem interesse em montar a sua própria impresso 3D do zero, o projeto RepRap existe até hoje e possui muitos conteúdos para download. A página do RepRap pode ser acessada através do link: https://reprap.org/wiki/RepRap

Deste modo, apesar de se tratar de um tecnologia antiga, a impressão 3D está cada vez mais no cotidiano das pessoas, facilitando e tornando real peças que antes somente ficariam na imaginação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *